Top

A fórmula que uso para minhas clientes avançarem na carreira

A frase “vamos furar a bolha” se tornou algo tão presente no meu dia a dia que virou o nome da minha metodologia. E aos poucos, conforme os resultados foram aparecendo, a confiança que eu e minhas clientes fomos ganhando, naturalmente ela passou a ser o eixo central de um trabalho que visa empoderar as mulheres e facilitar seus avanços na carreira. Então, já que você está sempre por aqui e tem interesse por esse assunto, resolvi compartilhar, em detalhes, o que há nela. Conheça agora a fórmula que uso para minhas clientes avançarem na carreira.

Lá vai o meu “blueprint”, com os principais passos da metodologia para você aplicar e brilhar!

 

1º passo:

A primeira coisa que fazemos é Identificar o seu desafio. Para isso, faça essa auto avaliação, gratuita. Com as respostas em mãos, podemos saber onde está o problema e traçamos uma rota. Nela entram os itens abaixo, entre outros, não necessariamente nesta ordem:

 

2º passo: Mapear seus Stakeholders, ou seja, sua rede de relacionamento. Seus liderados, pares, chefe, clientes e quem mais seja relevante à sua atuação. Depois, procuramos entender profundamente as influências destas pessoas na sua carreira e o que fazer.

 

3º passo: Mapear Oportunidades, que é um dos aspectos menos óbvios – ninguém faz isso de maneira sistematizada, certo? Mas nós sim! E é uma das etapas mais motivantes do processo todo. Quem não gosta de uma caça ao tesouro? 😉

 

4º passo: Construção de Redes de apoio – identificamos quem te apoia, dentro e fora da empresa e para quê.

 

5º passo: Mapeamento dos Sabotadores – esse aqui é um dos passos mais reveladores que há! Aplico um teste que faz saltar aos olhos onde você está, mesmo que inconscientemente, criando obstáculos para seu crescimento.

 

6º passo: Estratégia de Visibilidade, que é muito importante e geralmente muito difícil para as mulheres. De que maneira você se faz visível é tão importante quanto a qualidade do trabalho em si. Ninguém vai te reconhecer se você não “cacarejar” o resultado do seu trabalho. Então aqui levantamos como você conduz reuniões, faz apresentações, em que tipo de projeto se envolve (se de alta ou baixa importância) etc.

 

7º passo: Liderar para cima. Identificamos quem são seus superiores e pares, que podem ser os apoiadores ou detratores de seu crescimento. Então montamos uma forma de lidar com eles para alavancar ou neutralizar seus esforços com eles.

 

8º passo: Preparar sua equipe para te substituir. Sim! Você precisa de gente de confiança, competente e autônoma para poder ganhar energia e investir no que te fará subir na carreira.

 

9º passo: Abrace o risco. Difícil demais imaginar que podemos pedir um aumento ou negociar cargo antes de estarmos prontas. Mas sim, se preparando direitinho, dá certo.

 

10º passo – Investir em auto conhecimento e auto desenvolvimento. Assim você reconhece seus pontos fortes, aprender a lidar com os gatilhos de hábitos ruins e como revisitar as crenças que te impedem de crescer.

 

11º passo: Ele vem depois que os passos acima foram identificados, você tem muito mais clareza do que está acontecendo e consegue refinar seu objetivo – é a construção do seu Plano de Ação.

Com ele pronto, partimos para o último passo, que é Implementação do Plano. É a parte mais complexa e mais transformadora, pois é quando os Sabotadores de fato começam a aparecer, os desafios do cotidiano também…e a tentação de desistir do seu objetivo surge com força. Por isso é importante ter alguém ao seu lado, que seja experiente suficiente para te ajudar a não cair nas roubadas, dar a volta por cima e seguir, brilhando.

 

Qual destes passos você consegue implementar hoje?
Comece pelo primeiro, respondendo à auto avaliação para ganhar consciência de onde está hoje.
Clique aqui e faça agora!

admin
No Comments

Leave a Comment